money_off

Taxas

Negociação de Criptomoedas

Moeda Taxa de Depósito Taxa de Ordem Passiva (Maker) Taxa de Ordem Ativa (Taker) Taxa de Saque
Reais(BRL) TAXA ZERO TAXA ZERO TAXA ZERO 0,5% + R$ 9,50
Bitcoin TAXA ZERO TAXA ZERO TAXA ZERO Custo dos Mineradores
Clique aqui para ver limites e prazos.

Sim, teremos TAXA ZERO PARA SEMPRE, pode negociar o quanto quiser.




monetization_on

Como o Clube Bitcoin se mantém?

Uma pergunta recorrente é : "Se vocês não cobram taxas de negociações, como podem manter o Clube Bitcoin?"

Fazemos parte de uma nova geração de exchanges, onde o alto nível de automatização dos processos permitem uma grande redução dos custos operacionais. Com isto, associado ao grande volume de usuários, conseguimos repassar esses baixos custos para os nossos membros, mantendo o funcionamento da Exchange apenas com uma pequena taxa nos saques em Reais.

Esse modelo já existe em outros países, mas somos a primeira exchange da América Latina a utilizá-lo, começando pelo Brasil.

Não faz mais sentido pagar as absurdas taxas cobradas pelas antigas exchanges. Venha para a nova geração, venha pra o Clube Bitcoin e transforme suas TAXAS em LUCRO!

Simulador Clube Bitcoin

O Clube Bitcoin foi a primeira exchange da América Latina a lançar seu próprio Simulador de Negociações de Bitcoins.



O Simulador utiliza Inteligência Artificial e dados Reais do mercado, atualizados a cada segundo, criando um ambiente realístico para você
aprender a comprar e vender bitcoins.E se você já é um trader experiente, o simulador é ideal para testar suas estratégias de mercado.

SIMULAR

Perguntas Frequentes

Tire suas dúvidas sobre o Clube Bitcoin.

Praticamente nenhuma! =)
Temos somente uma taxa de saque em BRL de comissão ( 0,5% + R$ 9,50).
De resto, é só a taxa de rede da Blockchain (0,0001BTC) que é repassado para rede e não fica com a gente.

Com tanta tecnologia disponível no mercado para automação de processos, conseguimos construir uma equipe bem enxuta devido a essa automatização das operações. Com uma equipe enxuta, geramos menos gastos, conseguindo cobrar taxa zero em negociações. Além disso, nosso maior foco é volume de transações, visto que temos uma pequena taxa de saque em BRL.

Bitcoin é uma rede que funciona de forma consensual onde foi possível criar uma nova forma de pagamento e também uma nova moeda completamente digital. É a primeira rede de pagamento descentralizada (ponto-a-ponto) onde os usuários é que gerenciam o sistema, sem necessidade de intermediador ou autoridade central. Da perspectiva do usuário, Bitcoin funciona como dinheiro para a Internet. Bitcoin também pode ser visto como o mais promissor sistema de contabilidade de entrada tripla existente.

Bitcoin é a primeira implementação de um conceito chamado de "cripto-moeda", que foi descrita pela primeira vez em 1998 por Wei Dai na lista de discussão cypherpunks, sugerindo a idéia de uma nova forma de dinheiro que usa criptografia para controlar sua criação e as transações, ao invés de uma autoridade central. A primeira especificação do Bitcoin e prova de conceito foi publicado em 2009 em uma lista de criptografia por Satoshi Nakamoto. Satoshi deixou o projeto no final de 2010, sem revelar muito sobre si mesmo. A comunidade desde então tem crescido exponencialmente com muitos desenvolvedores trabalhando em Bitcoin.
O anonimato de Satoshi frequentemente levantou preocupações injustificadas, muitos dos quais estão ligados a incompreensão da natureza open-source de Bitcoin. O protocolo e software Bitcoin são publicados abertamente e qualquer desenvolvedor em todo o mundo pode rever o código ou fazer a sua própria versão modificada do software Bitcoin. Assim como os desenvolvedores atuais, a influência de Satoshi limitou-se às mudanças que ele fez sendo adotada por outros e, portanto, ele não controlou Bitcoin. Como tal, a identidade do inventor do Bitcoin é provavelmente tão relevante hoje quanto a identidade da pessoa que inventou o papel.

Ninguém é dono da rede Bitcoin muito como ninguém possui a tecnologia por trás do e-mail. Bitcoin é controlada por todos os usuários do Bitcoin ao redor do mundo. Enquanto os desenvolvedores estão melhorando o software, eles não podem forçar uma mudança no protocolo do Bitcoin, porque todos os usuários são livres para escolher o software e versão que eles usam. A fim de permanecer compatíveis uns com os outros, todos os usuários precisam usar o software em conformidade com as mesmas regras. Bitcoin só pode funcionar corretamente com um consenso total entre todos os usuários. Portanto, todos os usuários e desenvolvedores têm um forte incentivo para proteger este consenso.

Liberdade de Pagamento - É possível enviar e receber qualquer quantia de dinheiro instantaneamente em qualquer lugar do mundo a qualquer momento. Não há feriados. Não há fronteiras. Não há limites impostos. Bitcoin permite que seus usuários estejam em pleno controle de seu dinheiro.
Taxas muito baixas - pagamentos com Bitcoin são atualmente processados tanto sem taxas ou com taxas extremamente pequenas. Os usuários podem incluir taxas de transações para receber tratamento prioritário, o que resulta em uma confirmação das transações mais rápida pela rede. Além disso, existem processadores comerciais para auxiliar comerciantes em operações de processamento, convertendo bitcoins em uma moeda fiduciária e depositando fundos diretamente para contas bancárias dos comerciantes diariamente. Como estes serviços são baseados em Bitcoin, eles podem ser oferecidos com taxas muito mais baixas do que com PayPal ou redes de cartão de crédito.
Menos riscos para os comerciantes - As transações de Bitcoin são seguras, irreversível, e não contêm informações confidenciais ou pessoais dos clientes. Isso protege os comerciantes de perdas causadas por fraude ou estornos fraudulentos, e não há necessidade de conformidade com o PCI. Os comerciantes podem facilmente expandir para novos mercados, onde os cartões de crédito não estão disponíveis ou taxas de fraude são inaceitavelmente elevadas. Os resultados líquidos são taxas mais baixas, os mercados maiores, e menos custos administrativos. Segurança e controle - Usuários do Bitcoin tem controle total de suas transações; é impossível que os comerciantes forcem cobranças indesejadas ou não notificadas como poderia ocorrer com outras formas de pagamento. Os pagamentos com Bitcoin podem ser realizados sem vincular informações pessoais à transação. Isto oferece forte proteção contra furto de identidade. Os usuários do Bitcoin também podem proteger seu dinheiro com cópias de segurança e criptografia.
Transparente e neutro - Toda informação em relação a própria moeda Bitcoin está facilmente disponível na blockchain para qualquer um verificar e usar em tempo real. Nenhum indivíduo ou organização pode controlar ou manipular o protocolo Bitcoin, porque este é criptograficamente seguro. Isso permite que o núcleo do Bitcoin seja confiável por ser completamente neutro, transparente e previsível.

Grande parte da confiança no Bitcoin vem do fato de que ele não exige nenhuma confiança em tudo. Bitcoin é totalmente open-source e descentralizado. Isto significa que qualquer pessoa tem acesso ao código-fonte completo em qualquer ponto. Qualquer desenvolvedor no mundo pode, portanto, verificar exatamente como funciona o Bitcoin. Todas as transações e bitcoins emitidos para a existência podem ser consultados de forma transparente em tempo real por qualquer pessoa. Todos os pagamentos podem ser feitos sem depender de terceiros e todo o sistema é fortemente protegido por revisão de algoritmos criptográficos, como os usados ​​para operações bancárias online. Nenhuma organização ou indivíduo pode controlar o Bitcoin, e a rede continua a ser segura, mesmo que nem todos os seus usuários possam ser confiáveis.

O Bitcoin é designado para permitir aos usuários enviar e receber pagamentos com um grande nível de privacidade, assim como qualquer outra forma de pagamento. Entretanto, Bitcoin não é anônima e não pode oferecer o mesmo nível de privacidade que o papel moeda. O usuário da Bitcoin deixa uma extensiva lista de dados públicos. Vários mecanismo existem para proteger a privacidade dos usuários, e mais outros estão em desenvolvimento. Porém, ainda existe trabalho a ser feito antes que esses mecanismos sejam utilizados corretamente pela maioria dos usuários da Bitcoin. Algumas preocupações foram levantadas de que as transações privadas poderiam ser usadas para fins ilegais com Bitcoin. No entanto, é interessante notar que o Bitcoin, sem dúvida, será submetido a regulamentos semelhantes que já estão em vigor dentro de sistemas financeiros existentes. Bitcoin não pode ser mais anônimo do que o dinheiro e não é susceptível de impedir investigações criminais de serem conduzidas. Além disso, o Bitcoin também é projetado para evitar uma grande variedade de crimes financeiros.

Novos Bitcoins são gerados através de um processo competitivo e descentralizado chamado "mineração". Esse processo consiste na recompensa dada aos usuários pelos seus serviços. Os "mineiros" de Bitcoin estão processando transações e fazendo a rede segura usando hardware especializado e coletando novos bitcoins em troca. O protocolo Bitcoin foi projetado de uma forma que os novos bitcoins são criados em uma proporção fixa. Isto faz com que a mineração de Bitcoin seja um negócio muito competitivo. Quanto mais mineradores se juntam à rede, se torna cada vez mais difícil gerar lucro e os mineradores precisam buscar eficiência para cortar seus custos operacionais. Nenhuma autoridade central ou desenvolvedor tem qualquer poder de controlar ou manipular o sistema para aumentar seus lucros. Cada nó de Bitcoin no mundo todo irá rejeitar qualquer coisa que não esteja de acordo com as regras que se espera que o sistema siga. Bitcoins são criados em uma taxa decrescente e previsível. O número de novos bitcoins criados cada ano é automaticamente reduzido pela metade com o passar do tempo até que a emissão seja completamente suspensa com um total de 21 milhões de bitcoins existentes. Neste ponto, os mineradores de Bitcoin provavelmente serão suportados exclusivamente por numerosas pequenas taxas de transação.

O preço de um Bitcoin é determinado pela lei da oferta e da demanda. Quando a demanda por bitcoins aumenta, o preço aumenta, e quando a demanda cai, o preço cai. Há somente um número limitado de bitcoins em circulação e novos bitcoins são criados em uma taxa previsível e decrescente, o que significa que a demanda deva seguir este nível de inflação para manter seu preço estável. Como o Bitcoin ainda é um mercado relativamente pequeno comparado ao que ele poderia ser, não é necessário uma quantia muito significativa de dinheiro para aumentar ou diminuir o preço do mercado, portanto o preço de um bitcoin ainda é bastante volátil.

A tecnologia Bitcoin - o protocolo e a criptografia - tem um registro forte de segurança e a rede Bitcoin é provavelmente o maior projeto de computação distribuída do mundo. A vulnerabilidade mais comum do Bitcoin é o erro do usuário. Os arquivos de carteira de Bitcoin que guardam as chaves privadas necessárias, podem ser apagadas, roubadas ou perdidas. Isto é bem parecido com dinheiro tradicional mantido em formato digital. Afortunadamente, os usuários podem utilizar boas práticas de segurança para proteger seu dinheiro ou utilizar provedores de serviço que oferecem bons níveis de seguro contra perda e roubo.